Telélé’s nas casas de banho

Hoje queria vos falar de conversas ao telemóvel nas casas de banho públicas.

Quantas vezes vocês não estão sossegados, na vossa viduxa, e entra uma personagem a falar ao telemóvel pela casa de banho a dentro..?!

Pior, estão a fazer as necessidades e a falar ao telélé..!!!

É algo que a mim me faz confusão, admito. Por duas coisas muito simples, uma é porque o interlocutor está a ouvir barulhos estranhos… “pxiiiiiiiii..!” “splash…!” “plufff…!” … Tipo, por favor não, não e não..!!! e a outra é porque quem está na casa de banho, está a ouvir a conversa toda, até porque há pessoas que tem o som tão alto que deveriam usar talkie walkies em vez de telemóveis.

A maioria das vezes até são conversas que não deveriam se ter em público porque são coisas pessoais como lamexices do dia à dia ou quadrelhices…

Graças a isto, já fiquei a saber de problemas que a pessoa tinha com o marido… outra com a segurança social… outra que se queixava da vizinha que andava a lhe fazer a vida negra..!

Enfim, conversas de casas de banho..!

E vocês, vão para a casa de banho falar ao telemóvel? Se sim, vão se lembrar do que eu acabei de escrever, certo..? Hahahaha!!!

“Bla bla bla’s” nas casas de banho

Basta entrar numa casa de banho publica e não falta frases escritas por todas as paredes, umas são consideradas porcaria, mas tem umas que vale a pena ler, nem que seja para rir…!

Das declarações de amor: “Eu Amo-te xxxxxxx!” … às afirmações: “Eu faço *@$%&%$#&*, liga-me: xxxxxxxxx” e aos pensadores: “Aqui termina a obra de um grande cozinheiro!”… Quando escreveram estas coisas foi com algum propósito, nem que fosse por estupidez..!

Escrever declarações de amor nas casas de banho, não é lá muito romântico e temos de pensar que, a menos que sejam mistas ou seja alguém do mesmo sexo, a outra pessoa não irá ver.

Se for na escola, claro que é genial porque depois há sempre aqueles “amigos” ou deverei dizer, “cuscos”, que vão andar a espalhar a história e a decorá-la para depois acabar em novela brasileira.

Em relação às afirmações, bem… eu tenho uma opinião forte acerca disso que é; pura vingança..! Escarrapachar o número de telefone de uma pessoa que não gostamos e metemos lá a dizer que faz coisas “maravilhosas” pelo mundo inteiro… Hahaha!!!

Há quem diga que são “anúncios” de verdade… Não sei, o que vocês acham..?!

As minhas favoritas são as dos pensadores… Aí dá para rir um pouco e ver o quanto as pessoas “perdem” tempo a escrever coisas numa porta ou numa parede da casa de banho.

Será que estavam aborrecidos e foram para lá só para escrever..?

Será que estavam obstipados e foi uma maneira de se entreter..?
Será que descobriram nessa altura que tinham dotes de pensadores..?

Enfim, e vocês, já escreveram numa casa de banho..?!

Fila nas casas de banho

Olá a todos!

Vamos lá para mais uma conversa de casa de banho e peço aos homens para que leiam atentamente pois pode vos interessar! Hahahaha!

Qual foi a mulher que nunca esteve aflita para ir à casa de banho e, perante uma fila gigante, optou por ir à dos homens?
Isto porque as casas de banho femininas têm sempre uma fila maior do que a casa de banho masculina que costuma estar mais desocupada.

Mas tentando não ir à casa de banho dos homens…

Vais para a fila e resignas-te a esperar… olhas para as outras mulheres e vês que também estão com aquela expressão na cara “tou aqui tou-me a mijar!”..!

Finalmente é a tua vez!
Abre-se a porta e entras que nem uma doida, a querer desapertar a roupa ao mesmo tempo que fechas a porta, e aí vês que a fechadura está estragada… “Na BOA!”, pensas tu, basta estar com uma mão a segurar na porta.

Eu disse bem, basta ter lá a mão a segurar na porta, só que o que acontece é que temos a mala… que pesa tanto que parece que levamos tijolos lá dentro (coisas que são sempre precisas no caso de…) e então tentamos a pendurar em algum lado.
Pois! Mas onde?!? A fechadura está estragada… não há um gancho… não há nada para meteres a mala em cima… aflita olhas para o chão que está imundo e acabas por enrolar a mala à volta do teu corpo nem sabes bem como..!

Com a outra mão, lá baixas a roupa e “Aaaaaah!”ALIVIO..!

Alivio até tu estares a perder o equilibrio porque nisto tudo já estás suspensa no ar há não sei quanto tempo, com as pernas flexionadas! Mas é que limpar… “que nojo” e meter quadradinhos de papel higiénico tudo à volta da sanita só para te sentares, iria dar muito trabalho.

Finalmente, bexiga vazia e quando vais a puxar do papel higiénico é que te dás conta que afinal não há papel… FOGO!!! … então toda torta, largas a porta para poderes abrir a tua mala e ver no meio daquela parafernália se há um lenço de papel…

Lenço encontrado! “UHUUU..!!!”  Mas ao mesmo tempo, alguém abre a porta à bruta e vai um grito: “OCUPAAAADOOOOO!!!”. Quase que te cai tudo ao chão!

Bem, mas já tá! Então bora lá sair do cubículo..!

Lavas as mãozinhas e, “CLARO”, não há papel e o secador é mais velho que a Sé da Guarda, ele está ali só para decorar a parede.
Então é aí que te lembras, novamente, que tens lenços na mala, mas a mala está pendurada ao teu ombro e para não estar a molhar tudo… acabas por limpar as mãos às calças e sais…

Missão cumprida!!!

Vens a sair da casa de banho, e ao respirar fundo, é aí que vês o teu namorado, ali à espera há meia hora, com uma cara de poucos amigos e diz: “Tanto tempo..?!?!”

Respondes: “Havia uma fila enorme!”

Agora já entendem porquê as mulheres vão em grupo à casa de banho.
Uma segura na mala e no casaco, a outra na porta e a outra passa o lenço de papel…
e assim é muito mais fácil e rápido, pois só temos de nos preocupar em manter a posição!

Obrigada e até à próxima!

Acessórios de casas de banho

Olá a todos!

Aqui estamos nós para mais uma conversa de casas de banho!

Antes de irmos todos de fim de semana, hoje eu gostaria de vos falar de um acessório.
Acessório ele muito engraçado, adivinhem?!?!

O bidé!

Pois, digam-me lá quantas vezes vocês não vão a um restaurante ou café e quando entram na casa de banho… Olha!!! um bidé!

Mas afinal, o que faz lá o bidé?!? Quer dizer… não vamos lavar pés ou outras partes do corpo ali na casa de banho do restaurante ou do café! Não é?!?!

Então eu fiz uma pesquisa do porquê existirem bidés nos restaurantes e cafés, e para que servem.

Sabiam que antigamente existiu uma lei que obrigava os estabelecimentos a ter bidé nas casas de banho..? Utilidade pública. Está explicado, ou não..! lol

Agora, as pessoas podem ser criativas e fazer muita coisa no bidé, como por exemplo;
suporte para revistas, livros, sudokus, rolos de papel higiênico…etc
O bidé, na verdade, é nada mais que uma mesa de cabeceira privada.

As crianças ainda são mais criativas… eu vejo miúdos a irem lavar as mãos à torneira do bidé porque não chegam ao lavatório. Fazer uma piscina para a barbie ou simplesmente fazer chiqueiro para chatear os pais..! Haha!

Bem, é tudo por hoje. Não se esqueçam de partilhar as vossas histórias ou deixar comentários.

Até à próxima e bom fim de semana! =)

Primeira conversa de casas de banho

Olá a todos!

Como é o meu primeiro post, eu vou vos explicar como é que eu cheguei até aqui e o que é este blog de Conversas de Casas de Banho.

Isto tudo começou, porque eu tenho uma bexiga ansiosa. Pois é! Leram bem, tenho uma bexiga hiper-activa e vou já aqui vos dizer que não é nada fácil viver com este tipo de problemas.

Imaginem o que é uma saída entre amigos e o pessoal diz assim:
“Vamos à festa da terriola não sei quantos, beber umas!”
Pronto, eu estou feita ao bife! A minha primeira preocupação vai ser se vai haver casas de banho, e se há, será que estão limpas? Sim, às vezes mais vale fazer na rua, tenho de admitir que a sujidade por vezes é tanta que tem de ser.

Resumindo, eu vou à casa de banho mais vezes num dia que uma pessoa normal vai em 3 ou 4 dias. Há dias que eu estou melhor e aguento, outros, vou de 15 em 15 minutos à casa de banho.

Agora, porquê escrever um blog..?
Já várias amigos/conhecidos me disseram que eu deveria de escrever sobre casas de banho.
Pois, imaginem, eu vou a todas! hahaha!
Vou a um restaurante, tenho de ir à casa de banho. Vou ao café, tenho de ir à casa de banho. Vou à casa de uns amigos/conhecidos, tenho de ir à casa de banho. Vou a andar de carro…Ups!

E prontos, aqui estou eu… podem contar comigo. Eu vou vos contar os segredos delas, como elas são e histórias engraçadas acerca delas.

Deixo-vos também a hipótese de contar as vossas experiências, a partir do momento que não haja sexo à mistura… palavrões ou cóco!

Obrigada e até à próxima!